Elevador de acessibilidade ou plataforma de acessibilidade: saiba qual a melhor opção para a sua necessidade

Elevador de acessibilidade ou plataforma de acessibilidade: saiba qual a melhor opção para a sua necessidade

Será que o mais recomendado é a instalação de um elevador de acessibilidade ou uma plataforma? Você sabe qual é o melhor para a sua casa ou empresa

Vejamos: a acessibilidade é um tema cada vez mais relevante na sociedade. Afinal, garantir a locomoção de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida é fundamental para promover a inclusão e a igualdade de oportunidades. 

Nesse contexto, a escolha do equipamento de transporte adequado é essencial para permitir o acesso a diferentes níveis de um edifício ou espaço público. 

Neste conteúdo, abordaremos as diferenças entre o elevador e a plataforma de acessibilidade, apresentando as características de cada opção para que você possa escolher a melhor alternativa conforme as suas necessidades.

Vamos lá? Boa leitura!

 

O que é um elevador de acessibilidade?

O que é um elevador de acessibilidade?

Um elevador de acessibilidade é um equipamento de transporte vertical. Assim, ele é projetado para permitir que pessoas com mobilidade reduzida (como cadeirantes, idosos ou com deficiência) possam se deslocar entre diferentes níveis de um edifício ou espaço público. 

Geralmente, esses elevadores são instalados em áreas onde há obstáculos arquitetônicos, como escadas ou desníveis, que impedem o acesso ou a circulação dessas pessoas. 

Portanto, eles são projetados para atender às normas de acessibilidade e segurança, com recursos como portas largas, botões de controle em diferentes alturas e sinalização visual e sonora. 

Além disso, os elevadores de acessibilidade podem ser instalados tanto em ambientes internos quanto externos e estão disponíveis em diferentes modelos, tamanhos e capacidades para atender a diversas necessidades e condições de instalação.

 

O que é uma plataforma de acessibilidade?

Uma plataforma de acessibilidade, conhecida como plataforma elevatória, é um equipamento de elevação vertical. Assim, é projetada para permitir que pessoas com mobilidade reduzida possam se deslocar entre diferentes níveis de um edifício ou espaço público. 

Então, ela é uma solução para a acessibilidade de pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida que não possuem condições de usar escadas, rampas ou elevadores convencionais. 

Da mesma maneira, as plataformas de acessibilidade são geralmente instaladas em áreas externas ou internas onde há obstáculos arquitetônicos, tais como desníveis ou escadas.

Uma das grandes vantagens da plataforma é que ela é uma alternativa para facilitar o deslocamento entre dois níveis distintos. Porém, a altura máxima de deslocamento é de até 7 metros. Além disso, ocupa menos espaço do que um elevador de acessibilidade tradicional. 

A JE possui opções em fuso e hidráulicas, com estruturas em aço carbono, aço galvanizado e aço inox. Assim como modelos de revestimento em ACM vidro, alumínio e chapa de aço. 

Confira agora quais são as características técnicas das plataformas de acessibilidade da JE Elevadores. 

  • Capacidade de carga: 250 kg;
  • Sistema de tração: hidráulico ou rosca sem fim (fuso);
  • Alimentação: monofásica ou trifásica;
  • Controle de baixa tensão: Comando interno e externo 12 volts;
  • Velocidade de elevação por rosca sem fim (fuso): 6m/min;
  • Percurso máximo: rosca sem fim 3,5 m de elevação e hidráulico 7 m de elevação;
  • Velocidade de elevação por unidade hidráulica: 5m/min;
  • Sistema de emergência: válvula recuo para ser utilizado em casos de queda de energia (apenas elevadores hidráulicos) e sistema de freio antiqueda.

 

Qual é a diferença entre o elevador e a plataforma de acessibilidade?

Qual é a diferença entre o elevador e a plataforma de acessibilidade?

A principal diferença entre o elevador e a plataforma de acessibilidade está na sua finalidade. 

O elevador de acessibilidade é projetado para transportar pessoas e cargas entre diferentes níveis, principalmente utilizados em edifícios comerciais, residenciais, industriais, escolares e hospitalares. 

Já a plataforma de acessibilidade é projetada para permitir que pessoas com mobilidade reduzida possam se deslocar entre diferentes níveis de um edifício ou espaço público.

Então, o elevador é adequado para ambientes com alturas maiores e para o transporte de cargas e pessoas simultaneamente. 

E, a plataforma de acessibilidade, é mais adequada para espaços com desníveis menores e onde não é necessário transportar cargas.

 

Elevador ou plataforma de acessibilidade é na JE Elevadores

A JE Elevadores oferece soluções de mobilidade vertical, com opções de elevadores e plataformas de acessibilidade. 

Ambos são projetados para atender às normas de acessibilidade e segurança e a escolha dependerá das necessidades específicas de cada cliente. 

Além disso, oferecemos consultoria especializada para auxiliar na escolha do equipamento adequado.

Você gostou de aprender mais sobre os elevadores de acessibilidade e as plataformas?

Então, aproveite e entre em contato com a nossa equipe para tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto agora mesmo!

[Catálogo] Elevadores de acessibilidade JE, segurança e inclusão no seu projeto!

Plataforma de acessibilidade: confira os principais modelos da JE Elevadores

Plataforma de acessibilidade: confira os principais modelos da JE Elevadores

As plataformas de acessibilidade garantem a melhoria do acesso a quem tem mobilidade reduzida. Os equipamentos são econômicos e seguros, sendo uma ótima maneira para se deslocar aos andares superiores e às áreas externas de um imóvel.

A plataforma residencial, por exemplo, utiliza menos espaço e pode ser projetada para ser instalada no interior ou exterior da unidade. Para tanto, é necessário investir em um fornecedor de confiança, como a JE, que atua na fabricação e comercialização de plataformas de acessibilidade desde 2016.

Acompanhe a seguir e confira o diferencial dos modelos de plataformas da JE!

 

Importância das plataformas de acessibilidade

As plataformas de acessibilidade são, atualmente, os principais instrumentos que garantem a inclusão segura do público portador de mobilidade reduzida aos locais públicos e privados. Com o seu uso, as pessoas não precisam se arriscar com rampas em más condições, por exemplo.

A facilidade de acesso, a independência e a maior liberdade de locomoção que o elevador promove faz dele o equipamento mais indicado para estabelecimentos e imóveis que desejam investir na acessibilidade. Além de tudo, é moderno e fácil de ser usado, dando muito mais conforto para o usuário.

A plataforma proporciona o deslocamento de maneira autônoma a quem tem mobilidade reduzida, já que é fabricado especialmente para atender a esse tipo de necessidade. Sobretudo em locais públicos, as plataformas garantem uma vida mais digna, sem constrangimentos e limitações.

Uma plataforma de acessibilidade é realmente um investimento que traz muitos benefícios. O equipamento pode se encaixar facilmente em um imóvel, maximizando o espaço e mantendo a aparência elegante devido à ampla variedade de opções de modelos disponíveis no mercado.

 

Como as plataformas funcionam

As plataformas de acessibilidade podem ser aplicadas para diferentes fins, locais e empreendimentos, como os de caráter comercial, residencial, industrial, escolar e hospitalar. Além disso, são usados por crianças, idosos, cadeirantes, gestantes e pessoas com mobilidade reduzida.

As plataformas cumprem com todas as normas de segurança, são fáceis de utilizar, sendo desenvolvidas para facilitar o acesso a locais internos e externos. O equipamento, além da qualidade, conta com funcionalidade aliada a um design moderno, que se encaixa nos mais variados estilos arquitetônicos.

A instalação é simples e não exige necessidades especiais para o encaixe do elevador. Seu uso dispensa reformas e o tamanho da peça pode ser personalizado conforme o espaço disponível no imóvel. Os comandos são feitos diretamente da cabine, dando autonomia de movimento para o usuário.

O material de qualidade utilizado na fabricação da plataforma de acessibilidade possibilita o funcionamento com segurança, transportando pessoas de um andar para o outro com agilidade. Lembrando que a peça pode ser instalada tanto em áreas internas quanto externas dos ambientes, para uso público ou privado.

 

Os modelos da JE Elevadores

A JE é, hoje, uma das principais fabricantes de plataformas de acessibilidade, tendo grande experiência no segmento. Seus equipamentos são projetados por uma equipe altamente especializada, conforme a necessidade de cada cliente, utilizando sempre os melhores materiais.

Investir em uma plataforma da JE é a garantia de promover mais segurança e qualidade de vida para o público com mobilidade reduzida. Atualmente, trabalhamos com três modelos:

Elevador de acessibilidade: ideal para transportar bens e pessoas em áreas comerciais, residenciais, industriais, escolares e hospitalares;

Plataforma de acessibilidade: facilita o deslocamento entre dois pisos distintos na vertical;

Elevador para piscina: facilita o acesso às piscinas de locais públicos e privados.

As plataformas da JE são feitas de forma personalizada para cada ambiente, conforme as necessidades e preferências de cada cliente. Além de promover a inclusão, o espaço também fica mais harmonioso, já que o design dos equipamentos é elegante e moderno. Além de tudo, você ainda pode escolher entre as melhores matérias-primas, como inox, ACM, alumínio, vidro e aço. A seguir, confira mais características das plataformas fabricadas pela JE!

 

Elevador de acessibilidade

Esse elevador é de uso residencial ou comercial, podendo se encaixar bem nos mais diferentes estilos estéticos. De simples operação, garante o acesso a andares superiores e áreas externas, exigindo menos espaço de instalação. O modelo da JE atende a todos os requisitos de segurança e normas, como a NBR 9050, tem capacidade de carga de até 250 kg e sistema de freio anti-queda.

 

Plataforma de acessibilidade

Já a plataforma de acessibilidade pode ser instalada em praticamente todos os locais de um imóvel. Hoje, com a necessidade de cidadania e inclusão do público com mobilidade reduzida, o uso desse tipo de plataforma está ficando cada vez mais comum.

O equipamento transporta pessoas e bens na vertical, sendo que a altura máxima de deslocamento é de até 7 metros. A plataforma é uma ótima maneira de facilitar a locomoção entre dois níveis distintos, tanto em residências quanto em locais públicos.

 

Elevador de acessibilidade para piscina

O elevador de acessibilidade específico para piscina da JE é a solução mais simples e segura para quem tem problemas de mobilidade reduzida. O equipamento é fácil de usar e foi desenvolvido especialmente para o acesso às piscinas residenciais, de clubes, escolas, ONGs e clínicas de fisioterapia.

O elevador é de alta qualidade e oferece total segurança para o lazer e, também, para quem pratica exercícios físicos. O equipamento cumpre com todas as normas de segurança, suporta até 150 kg e conta com sistema antichoque incluso.

O intuito principal da JE é garantir o acesso às pessoas com mobilidade reduzida, oferecendo opções de plataforma residencial, industrial, escolar, hospitalar, e muito mais. Trabalhamos de maneira comprometida para oferecer o que há de mais moderno em acessibilidade, garantindo a segurança e a inclusão em ambientes público e privados.

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e entre em contato com os nossos especialistas para saber mais sobre como a JE Elevadores pode ajudar você a escolher o modelo ideal para o seu projeto!

Onde instalar a plataforma residencial para facilitar a mobilidade em casa?

Onde instalar a plataforma residencial para facilitar a mobilidade em casa?

Instalar uma plataforma residencial de acessibilidade não apenas gera um diferencial para a propriedade, mas tem tantas vantagens e facilidade de uso que um dia os equipamentos poderão tornar as escadas obsoletas.

A instalação simples, combinada com os benefícios em termos de mobilidade, impulsionam um aumento no número de pessoas que querem essa tecnologia inteligente para suas próprias casas.

Mas na hora de instalar o equipamento, algumas perguntas precisam ser respondidas, incluindo o lugar ideal de instalação. Confira o que é necessário saber antes de adquirir uma plataforma residencial para o imóvel!

 

Melhorando a acessibilidade com a instalação de um elevador residencial

Não há dúvidas de que um elevador residencial torna a casa mais acessível para todos os moradores do que uma escada. Se você, uma visita ou um membro da família tem uma limitação física, ou precisa carregar crianças de um andar a outro, o equipamento é uma maneira mais simples e segura de se deslocar.

As plataformas residenciais melhoram particularmente a acessibilidade para pessoas com deficiência que vivem sozinhas, pois ela elimina a dependência de ajuda para se deslocar dentro da própria moradia.

Além disso, para muitas pessoas, chega um momento em que uma casa, de mais de um andar, já não é apropriada por causa dos riscos físicos e problemas que podem estar presentes após uma certa idade. Um elevador residencial poderia significar a diferença entre permanecer por um longo tempo no mesmo imóvel ou ter que se mudar.

Isso porque a instalação de um elevador residencial supera essas questões, proporcionando uma maneira fácil e sem problemas de se mover entre os andares e de eliminar as chances de acidentes.

 

O que saber para instalar o elevador residencial

A desvantagem do fato de que as escadas já vêm prontas com o imóvel é que você raramente tem alguma opinião sobre o local em que elas estão situadas ou como são construídas. Os elevadores residenciais, por outro lado, podem ser instalados em qualquer lugar.

Com uma variedade de tamanhos, o elevador pode caber em um espaço do mesmo tamanho que um armário e ser instalado como uma unidade autônoma, sem a necessidade de criar um fosso ou fazer mudanças estruturais no imóvel.

Existem duas opções principais na hora de escolher o local de instalação da plataforma de acessibilidade, que são:

  • no interior da casa: dentro do imóvel, o elevador poderá ficar, por exemplo, ao lado das escadas. Outra ideia é aproveitar a parte do vão para fazer a integração da caixa que leva a cabine do elevador. O importante é que haja uma altura mínima de 2,45 m no último piso e um pequeno vão de 10 cm abaixo do equipamento;
  • no exterior da casa: a instalação é feita por meio de alguma das paredes de acesso. Poderão ser utilizadas portas ou varandas superiores para permitir a entrada e saída da moradia. Na instalação, serão contemplados todos os ajustes para este acesso. O elevador poderá ser panorâmico para potencializar a beleza estética e permitir mais visibilidade.

Nos dias de hoje, os elevadores residenciais, também conhecidos como homelifts, podem ser instalados em quase todos os espaços de uma casa. São diversos tipos de elevadores disponíveis e opções de personalização que vão atender sob medida as necessidades da sua casa e dos moradores.

A indicação é contar com a ajuda especializada de um arquiteto para examinar as condições do imóvel. Os profissionais podem avaliar qual é o ambiente mais adequado para receber a instalação, de acordo com o modelo escolhido.

Algumas opções necessitam de mais espaço que outras. Se a residência ainda estiver em fase de planejamento, é possível realizar a análise de viabilidade e deixar um espaço reservado para a plataforma. Com isso, o arquiteto pode reformular a distribuição dos cômodos e criar uma estrutura mais forte para o elevador.

Uma boa dica é instalar o equipamento na entrada da casa, ao lado das escadarias ou, até mesmo, na parte externa do edifício. O Importante é que o elevador fique em um local de fácil acesso.

 

Vantagens da plataforma de mobilidade residencial

A principal vantagem de contar com uma plataforma residencial é, sem dúvidas, a acessibilidade proporcionada às pessoas com mobilidade reduzida. Ela surge como uma solução para garantir o deslocamento dos usuários, que terão mais independência para se movimentar.

Os elevadores também são projetados para atender às necessidades dos moradores e, por isso, contam com características específicas. Existem modelos com acabamentos internos e externos, de diversas cores, estilos e materiais.

Por isso, o equipamento agrega um valor significativo ao imóvel, sendo um bom investimento caso o proprietário queira vender a casa no futuro. Sem contar que algumas opções contam com design sofisticado e moderno, oferecendo uma estética diferenciada e personalizada.

Assim, além de promover a inclusão, o ambiente pode ficar muito mais harmonioso e elegante, deixando o espaço acessível, completo e aconchegante. Grande parte das opções disponíveis no mercado oferecem uma experiência de compra de qualidade.

Para assegurar a vida útil da plataforma residencial, a empresa fornecedora garante o funcionamento, a manutenção e todo o suporte pós-venda necessário para o bom funcionamento do elevador. O contratante pode tirar todas as dúvidas e contar com uma equipe pronta para atendê-lo.

Atualmente, é possível desenvolver espaços acessíveis e agradáveis, sem gastar muito. Há soluções que possibilitam muito conforto, qualidade e beleza estética, sendo adotados em diversos projetos e obras.

Para ter acesso a todas as vantagens de um equipamento como esse, é fundamental dar preferência a um fabricante reconhecido, como a JE, que atua na comercialização de elevadores de acessibilidade desde 2016.

Os equipamentos da JE são projetados conforme a necessidade de cada cliente, utilizando sempre os melhores materiais. São elaborados por uma equipe especializada com total conhecimento sobre os produtos, garantindo os melhores níveis de segurança aos consumidores.

Gostou do conteúdo? Aproveite a visita e confira também 6 motivos para comprar um elevador de acessibilidade da JE Elevadores!

[One page] Acessibilidade, direito de todos! | Saiba mais | JE Elevadores

Acessibilidade: adaptação em hotéis e lugares turísticos

Acessibilidade: adaptação em hotéis e lugares turísticos

Por lei, pessoas com mobilidade reduzida (ou que possuem algum tipo de deficiência) devem ter o direito à acessibilidade garantido. 

Entretanto, infelizmente, ainda faltam investimentos em hotéis e locais turísticos, assim como políticas públicas e adaptações que possam atender bem esse público.

Por isso, vamos aprender mais sobre a acessibilidade e adaptação em hotéis e lugares turísticos? Continue conosco!

 

Por que é importante promover a acessibilidade em hotéis e ambientes turísticos?

Primeiramente, porque é uma forma de cumprir a legislação. Afinal, todas as pessoas portadoras de deficiência devem ter a possibilidade de acessar qualquer ambiente que desejam.

Portanto, implementar boas estratégias para promover a acessibilidade em hotéis e ambientes turísticos é essencial para propagar o bem-comum. 

Isso porque, a acessibilidade garante a inclusão das pessoas na sociedade. Então, ao investir nela, você oferece autonomia e mobilidade para todos.

Além disso, é uma forma para destacar o seu empreendimento, mostrando que ele tem responsabilidade social e, também, preocupa-se em promover um ambiente agradável para todas as pessoas.

 

Conheça alguns lugares turísticos que possuem acessibilidade

Que tal conferir alguns exemplos para se inspirar?

Venha conosco e conheça alguns estados brasileiros que possuem lugares turísticos que são exemplos de acessibilidade. Vamos lá?

 

Rio de Janeiro 

Desde as Olimpíadas de 2016, o projeto de acessibilidade carioca incluiu 4 mil metros quadrados de calçadas acessíveis. Além disso, são mais de 5 mil metros quadrados de pavimento em concreto nos acessos aos pontos turísticos — como o Pão de Açúcar, a Praça XV, o Corcovado, entre outros. 

 

São Paulo

Em São Paulo, o destaque vai para a Biblioteca Mário de Andrade, que possui intérpretes de Libras. Além disso, também há um acervo em braile e áudio. Sem contar que o Teatro Municipal oferece materiais táteis e olfativos sobre a história do teatro, além de acesso para cadeirantes.

 

Santa Catarina

A Ilha da Magia tem um transporte público que garante a acessibilidade na capital de Santa Catarina. Muitos coletivos têm cadeiras especiais, botões de parada com alcance fácil e corredores largos. 

Os ônibus também contam com elevadores de acessibilidade para facilitar o transporte de quem utiliza cadeira de rodas, andadores ou muletas. 

Nas famosas praias da cidade, há diversos locais adaptados para deficientes. Além disso, possui travessias, passarelas e banheiros de fácil acesso para esse público. Há, ainda, cadeiras para banho e supervisão de guarda-vidas. 

Outro detalhe que merece destaque em SC é a rede hoteleira. Afinal, ela oferece estruturas adaptadas para deficientes, com quartos e banheiros apropriados. Também há elevadores e rampas que dão acesso aos hotéis e às principais entradas. 

> Você também pode gostar de ler: Cidades com maior acessibilidade no Brasil.

 

4 dicas para implementar a acessibilidade em hotéis e locais turísticos

Se você tem um empreendimento na rede hoteleira e quer algumas dicas para promover mais acessibilidade, continue conosco!

 

1. Atenda à legislação

Como você sabe, a acessibilidade é garantida por lei. Então, é essencial conhecer as principais normas e legislações do setor para estar sempre em conformidade com os órgãos vigentes.

Por exemplo, conforme a NBR 9050, os hotéis devem reservar, pelo menos, 2% dos quartos para pessoas com mobilidade reduzida. Sem contar que esses dormitórios devem ter banheiros com barras de sustentação, piso tátil, sanitários adaptados e uma cama baixa. 

Porém, não é só isso. Confira aqui as principais leis de acessibilidade no Brasil e fique por dentro do assunto.

 

2. Instale elevadores de acesso

Convenhamos: atualmente, ninguém mais deseja ficar refém de rampas de concreto, não é verdade? Afinal, essas rampas são caras e demoram semanas (ou até meses) para ficarem prontas. 

Por isso, os elevadores de acessibilidade são uma ótima ideia para o seu empreendimento. Isso porque, eles são instalados em menos tempo e atendem muito bem os portadores de necessidades especiais ou mobilidade reduzida. 

Além disso, é uma forma de modernizar o ambiente, visto que eles possuem um design muito elegante. Então, além de promover a acessibilidade para os turistas, o seu empreendimento é bem-visto por todos.

> Você também pode gostar de ler: Elevadores de acessibilidade: conheça suas vantagens.

 

3. Melhore a acessibilidade e a infraestrutura de todo o ambiente

Organizar a infraestrutura e treinar os seus colaboradores para receber bem todos os clientes é sempre uma ideia interessante. 

Por isso, confira algumas dicas para implementar:

  • altere o layout dos ambientes, garantindo o espaço ideal para as pessoas que precisam utilizar cadeira de rodas e andadores;
  • garanta uma boa sinalização em braile;
  • invista em um piso tátil para o empreendimento;
  • instale avisos sonoros nos principais locais de acesso;
  • treine a sua equipe para compreender e se comunicar pela linguagem de sinais.

 

4. Ofereça um ambiente confortável

Investir em acessibilidade é adaptar os espaços para oferecer conforto aos hóspedes e turistas. Dessa forma, quando uma pessoa procura por um hotel ou quer visitar os pontos mais atrativos da cidade, certamente terá preferência pelos locais seguros. 

Portanto, encontre boas alternativas para oferecer a esse público uma ótima experiência. Assim, eles se sentem seguros e felizes, além disso, ajudam a indicar o estabelecimento aos seus amigos e familiares — que também poderão se tornar clientes.

Você gostou de aprender mais sobre a acessibilidade em hotéis e lugares turísticos? 

Se sim, aproveite e complemente o seu estudo no assunto conferindo também: Como escolher empresas fabricantes de elevadores de acessibilidade de qualidade? Boa leitura!

Acessibilidade na empresa: Plataforma elevatória para cadeirantes

Acessibilidade na empresa: Plataforma elevatória para cadeirantes

A plataforma elevatória para cadeirantes pode se tornar um grande diferencial para o seu negócio. Afinal, ela traz diversos benefícios e impactos positivos para a estrutura organizacional.

Além disso, ter uma plataforma é algo que se tornou uma necessidade para quem deseja respeitar a Lei nº 10.098 — também conhecida como lei de acessibilidade.

Agora vamos aprender mais sobre a importância da acessibilidade nas empresas e como a plataforma elevatória para cadeirantes pode ajudar. Continue conosco!

 

Por que investir em uma plataforma elevatória para cadeirante?

Em primeiro lugar, você deve investir para promover a inclusão das Pessoas com Deficiência (PCDs). 

Para você ter uma ideia, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 45,6 milhões de pessoas deficientes ou com mobilidade reduzida. Assim, isso representa quase 25% da população.

Portanto, são muitas pessoas, não é mesmo?

Por isso, as empresas precisam se preocupar em implementar ações que possam atender bem esse público.

Veja outros motivos importantes que mostram que você deve investir em uma plataforma elevatória para cadeirantes e promover a acessibilidade na empresa:

  • promover o direito de ir e vir para todas as pessoas;
  • contribuir com a igualdade;
  • tornar o dia a dia do cadeirante muito melhor;
  • promover mais segurança no ambiente de trabalho;
  • melhorar a reputação e o posicionamento da empresa no mercado;
  • atrair mais talentos.

 

Qual é a importância de respeitar as normas de acessibilidade?

Respeitar as normas de acessibilidade deve ser uma obrigação de todos. Porém, mais do que isso, é necessário conhecer as leis de acessibilidade para conferir se não está infringindo nenhuma delas.

Afinal, elas podem gerar multas e trazer diversos prejuízos (tanto financeiros quanto de reputação e imagem) para a organização.

Por exemplo, a Lei nº 8.213/91, conhecida como a lei de cotas, determina:

“A empresa com 100 (ou mais) empregados está obrigada a preencher de 2 a 5% dos seus cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência, habilitadas, na seguinte proporção:

  • até 200 empregados: 2%;
  • de 201 a 500: 3%;
  • 501 a 1.000: 4%;
  • de 1.001 em diante: 5%”.

Vale lembrar que, segundo a Convenção Internacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência:

“Pessoas com deficiência são aquelas que têm impedimentos de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, os quais, em interação com diversas barreiras, podem obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”.

Também é importante conferir a norma brasileira ABNT 9050, pois ela estabelece os critérios que devem ser adotados para alcançar todas as condições de acessibilidade nas empresas. 

Assim, se você deseja investir em acessibilidade, aprenda mais sobre a legislação e observe todos os itens que devem ser seguidos.

Além da obrigatoriedade, é importante ressaltar que as empresas que trabalham a acessibilidade e investem em um elevador para cadeirante mostram que acolhem as pessoas, proporcionando bem-estar a todos. 

Você também pode gostar de ler: O que a falta de acessibilidade nas empresas pode ocasionar?

Quais são as empresas que já investem em acessibilidade?

As grandes organizações têm se preocupado com o social e investido em acessibilidade. 

Veja alguns exemplos de marcas que você conhece e que são reconhecidas pelos trabalhos que fazem.

 

Natura

natura

A Natura é uma marca muito reconhecida pelo seu respeito e cuidado com o meio ambiente, mas, também, com a relação de cuidado que tem com seus colaboradores.

Portanto, a marca valoriza os talentos do seu time e promove a inclusão de verdade. 

Para você ter uma ideia, ela está sempre acima da cota legal de contratação de PCDs. Além disso, se preocupa em desenvolver a carreira dessas pessoas contratadas.

Sem dúvida, é um modelo de diversidade e inclusão que serve de inspiração para todas as empresas.

 

Grupo Pão de Açúcar

grupo pão de açúcar

Em 2016, o Grupo Pão de Açúcar assinou um acordo pela inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Esse documento estabelece diretrizes e metas para a promoção de uma cultura interna e de um ambiente de inclusão e acessibilidade nas empresas.

Desde então, oferece diversas vagas para PCDs e, mais do que isso, também se preocupa em desenvolver a sua carreira.

Tudo isso faz o Pão de Açúcar ser mais que uma organização. 

Afinal, mostra realmente qual é o seu papel como empresa na sociedade, oferecendo boas oportunidades de trabalho e respeitando a acessibilidade das pessoas.

 

Qual é a importância da plataforma elevatória para cadeirantes nas empresas?

Se você está pensando em abrir mais vagas para cadeirantes ou pessoas com mobilidade reduzida na sua empresa, saiba que é preciso ter um bom planejamento.

Afinal, é preciso pensar em todos os detalhes para criar um clima organizacional realmente inclusivo e que apoie às diversidades.

A primeira coisa que é preciso fazer é criar uma cultura inclusiva, onde há o respeito mútuo e uma integração interna que favoreça a solidariedade e o espírito de equipe.

Além disso, é necessário aperfeiçoar a infraestrutura para receber bem os novos colaboradores.

Assim, antes mesmo de realizar o processo seletivo PCD, é preciso adequar as instalações da empresa para atender às necessidades de acessibilidade.

Um ótimo exemplo é o investimento em uma plataforma elevatória para cadeirantes.

A plataforma de acessibilidade para cadeirantes é uma grande oportunidade para demonstrar o quanto todas as pessoas são importantes além de promover acessibilidade a quem precisa.

Com ele, a empresa irá garantir o direito de ir e vir de todos os colaboradores e, inclusive, dos clientes e demais pessoas que visitarem o empreendimento.

 

Onde comprar plataforma de acessibilidade?

A JE Elevadores atua no mercado de acessibilidade desde 2011, oferecendo aos seus clientes soluções personalizadas e completas.

Os elevadores de acessibilidade são projetados conforme as necessidades de cada cliente.

Além disso, há um engenheiro técnico responsável por garantir a segurança e a funcionalidade dos equipamentos. 

Você também não precisa se preocupar com a legislação: as plataformas são fabricadas em conformidade com todas as normas e regulamentações da área. Portanto, pode confiar.

As plataformas elevatórias de acessibilidade podem ser instalados em:

 

A JE Elevadores trabalha apenas com o que há de mais moderno e funcional na área de acessibilidade. Assim, garante a satisfação dos seus clientes com muita segurança, qualidade e conforto.

Você gostou de aprender mais sobre a acessibilidade nas empresas, assim como conhecer mais sobre a plataforma para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida?

Se sim, aproveite e conheça agora mesmo os projetos da JE Elevadores.

Acessibilidade direito de todos

5 erros na limpeza de elevadores e plataformas de acessibilidade

5 erros na limpeza de elevadores e plataformas de acessibilidade

Cuidar da limpeza de elevadores ou plataformas de acessibilidade é uma atividade rotineira. Inclusive, sabemos que, na maioria das vezes, ela acontece no “piloto automático”. 

No entanto, é aí que mora o perigo, pois existem diversos cuidados para ter na hora de realizar a higienização correta. Essa atenção especial é importante para evitar a danificação dos equipamentos.

Por exemplo, utilizar produtos químicos inadequados pode prejudicar o funcionamento do elevador. Então, é preciso ter cautela e conferir quais são as melhores práticas para promover uma limpeza completa e eficaz.

Vamos aprender mais sobre o assunto? 

Continue conosco e confira 5 erros na limpeza de elevadores e saiba como evitá-los. Boa leitura!

 

1. Lavar o elevador ou plataforma de acessibilidade com mangueira e água corrente

A água corrente é uma grande aliada da limpeza pesada. No entanto, ela, assim como as mangueiras, não podem ser utilizadas na limpeza de elevadores ou plataformas de acessibilidade.

Isso porque, a água pode ficar acumulada e danificar os componentes do elevador, além de facilitar desta forma a oxidação.

 

2. Utilizar produtos químicos e abrasivos

A água sanitária é uma das queridinhas na hora da limpeza. Afinal, ela é responsável por promover uma higienização completa em todos os cômodos das casas e empresas. No entanto, quando o assunto é limpeza de elevadores ou plataformas de acessibilidade, ela deve ser evitada.

Afinal, trata-se de um produto químico abrasivo que pode danificar tanto a estrutura quanto a sua estética. Portanto, é melhor não arriscar. 

Além disso, não é recomendado utilizar esponjas ásperas, buchas, escovas e outros materiais que possam danificar.

Novamente: um pano macio e umedecido é a melhor alternativa. Você também poderá utilizar detergente neutro.

 

> Você também pode gostar de conferir: Cuidados com a higienização de elevadores de acessibilidade

 

3. Não definir horários para a limpeza 

Convenhamos, limpar os elevadores e plataformas em horários em que há muito fluxo de pessoas não é interessante, certo? Os horários de pico devem ser evitados.

Precisamos considerar que a limpeza deve ser diária. Então, estude qual é o melhor horário para realizá-la a fim de  que essa atividade seja realizada de forma tranquila.

Lembre-se de que é importante apostar em horários com baixo movimento (à noite é uma ótima ideia). Se isso não for possível, o equipamento de acessibilidade precisa ser interditado na hora da limpeza. Assim, você evita acidentes na hora da higienização do elevador.

 

4. Não seguir as recomendações do fabricante

Quando uma empresa realiza a instalação, ela orienta as pessoas sobre quais são as boas práticas para que ele opere com segurança. Inclusive, a equipe responsável deve prestar as informações adequadas sobre a limpeza.

Portanto, saiba que ignorar essas recomendações e orientações só trará prejuízos. Afinal, você pode danificar alguma peça, comprometer a segurança e, até mesmo, diminuir a vida útil do equipamento.

Então, se você estiver em dúvida com relação a um procedimento ou a algum produto, vale a pena entrar em contato com a empresa fabricante que instalou o seu. 

Sendo assim, não fique com dúvida: sempre solicite os esclarecimentos adequados.

 

5. Usar álcool gel em excesso 

Principalmente com a pandemia, as pessoas começaram a limpar tudo com álcool em gel. No entanto, principalmente em locais mais delicados (como os botões e indicadores), é preciso ter cuidado.

O uso excessivo pode fazer “escorrer” o álcool dentro das máquinas. Dessa forma, pode, inclusive, queimar algum componente. Então, é preciso ter muito cuidado na hora da limpeza — principalmente na parte elétrica.

Você gostou de aprender mais sobre os principais erros na limpeza de elevadores? 

Sabia que a JE Elevadores é especializada em fabricar elevadores de acessibilidade? 

Os elevadores de acessibilidade da JE Elevadores são projetados de acordo com a necessidade de cada cliente. 

Então, todos os materiais são selecionados por uma equipe realmente qualificada para garantir total segurança, conforto e qualidade para todos os projetos.

Além disso, prestamos todas as orientações com relação à manutenção e limpeza de elevadores. Portanto, não precisa se preocupar: estaremos sempre ao seu lado para tirar todas as suas dúvidas.

Quer saber mais?

Aproveite e conheça um pouco mais sobre a JE Elevadores. Conheça a nossa empresa e os nossos serviços clicando aqui.

 

Acessibilidade direito de todos | Entre em contato