Para projetar um elevador de acessibilidade, você precisa conhecer as especificações do equipamento e saber quem irá utilizá-lo. Além disso, é importante pensar nas condições de carga, entender a frequência de uso e a manutenção do aparelho. Ainda, se a frequência de uso for alta, contar com uma boa equipe técnica garantirá maior segurança.

Sendo assim, se você está aí se perguntando como projetar um elevador de acessibilidade, preste atenção neste post e confira os 7 passos que preparamos para você!

1. Inclua o elevador de acessibilidade no projeto arquitetônico do seu imóvel

Se você deseja investir em qualquer imóvel, inclua o elevador de acessibilidade no projeto arquitetônico. Não importa se é uma casa de dois andares, um condomínio ou até mesmo uma academia. Ao pensar na acessibilidade antecipadamente, você valoriza o bem que adquiriu e escolhe o local mais adequado para instalar o equipamento. 

2. Pense na casa de máquinas para instalar o elevador

Alguns elevadores de acessibilidade têm casa de máquinas, que ocupam espaço na laje e na fundação. Então, pensar em lugares adequados para instalar essas partes do equipamento é fundamental para evitar problemas futuros. Vale ressaltar que a casa de máquinas do elevador de acessibilidade não é tão grande quanto os modelos residenciais, mas deve haver planejamento mesmo assim.

Por isso, meça-os e tenha a certeza que a casa de máquinas caberá antes de instalar o elevador de acessibilidade. Normalmente, casas com o pé direito de 2,7 metros e 20 centímetros de folga na fundação já podem ser agraciadas com um elevador de acessibilidade sem maiores problemas.

elevador de acessibilidade | JE Elevadores

3. Acompanhe a instalação e faça testes

Durante a instalação, esteja presente para acompanhar se tudo está correndo de acordo com o imaginado. As chances de algo ser deixado de fora podem ser pequenas, mas é melhor prevenir do que remediar. Assim, veja todo o processo e não tenha medo de perguntar o que está sendo feito e por que.

Não se esqueça que é você quem investe na instalação do elevador de acessibilidade e, mais do que isso, talvez, alguém da sua própria família poderá usar o equipamento. Essas são as principais questões que você deve ficar atento quanto ao elevador de acesso:

  • Qual é a carga máxima do elevador?
  • O que acontece quando a carga é excedida?
  • Como funciona o resgate de parada?
  • Como são os procedimentos de entrada e saída?
  • A viagem é suave?

Ao responder todas essas perguntas, você já terá noção de como o equipamento poderá te atender com qualidade e segurança. 

4. Avalie os custos totais e a manutenção

Você precisa avaliar e planejar bem todos os custos totais do equipamento. Eles vão além da compra do aparelho. Inclua também nos cálculos e valores relacionados à obra, à instalação do elevador e à manutenção. Pense também em oferecer segurança para quem tem mobilidade reduzida e precisa usar o elevador. Para isso, nunca descuide da manutenção preventiva.

5. Saiba escolher o fabricante do elevador de acessibilidade

Escolha com cuidado o fabricante do elevador de acessibilidade. Afinal, é ele que garantirá eficiência e segurança para o equipamento adquirido. Portanto, procure saber qual é a experiência da empresa no mercado, que tipo de assistência ela oferece e se os funcionários são capacitados. Mão de obra de qualidade é sinônimo de produto eficiente, afinal, prova que quem fabricou o equipamento é preparado para o ofício.

Outro ponto importante é avaliar a opinião dos consumidores. Para isso, pesquise na Internet o que eles dizem sobre o elevador de acessibilidade e avalie a marca do equipamento. Veja os comentários no site da empresa ou na página do fabricante no Facebook. 

Não se esqueça de avaliar a tecnologia. Veja os serviços adicionais, como as garantias estendidas, as manutenções, entre outros. Ao tomar esses cuidados, terá a certeza de investir em um elevador de acessibilidade seguro e com uma vida útil prolongada.

6. Escolha o revestimento adequado para o piso onde será instalado o elevador

Entenda que alguns tipos de revestimento de piso apresentam risco na hora de instalar o equipamento, principalmente em ambientes mais úmidos. A ideia é que os cômodos próximos ao elevador de acessibilidade tenham piso antiderrapante,  para que não haja acidentes e escorregões. Portanto, evite instalar o equipamento próximo aos pisos polidos ou de pedras.

7. Cuide da iluminação dos ambientes

Além de pensar no espaço adequado para o seu elevador de acessibilidade, cuide da iluminação dos ambientes. Adapte sensores simples e ofereça alternativas práticas para auxiliar as pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.

Agora que você aprendeu esses 7 passos para projetar o elevador de acessibilidade, que tal pensar em instalar o equipamento no seu imóvel? Ofereça comodidade, segurança e conforto para as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Gostou do conteúdo? Quer ficar por dentro das novidades do blog da JE Elevadores? Acesse o nosso próximo post e veja o quanto o elevador de acessibilidade pode valorizar o seu imóvel, atrair clientes e auxiliar pessoas que precisam de acessibilidade! 

Precisando de um Elevador de Acessibilidade? Solicite-nos um orçamento de um elevador de acessibilidade e conheça as principais vantagens! | JE Elevadores

Share This