Plataforma de acessibilidade em escolas: volta às aulas com inclusão social

Plataforma de acessibilidade em escolas: volta às aulas com inclusão social

Plataforma de acessibilidade em escolas: volta às aulas com inclusão social 

A acessibilidade às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida é garantida por lei. Todos os estabelecimentos deveriam e devem se preocupar com essa questão. Isso vale também para as  instituições de ensino. Por isso, plataformas de acessibilidade em escolas são equipamentos de grande importância.

Ainda sobre a inclusão, o  artigo 24 do decreto 5296 de 2004 regulamenta a acessibilidade nas escolas, tornando-a obrigatória. Segundo a norma, quem investe em ambiente escolar deve pensar desde o projeto até a finalização, pois as instituições de ensino devem se adequar a lei e a realidade dos alunos. 

Para entender a importância da plataforma de acessibilidade em escolas, preparamos este post. Confira! 

 

Qual é a importância de contar com uma plataforma de acessibilidade em escolas?

Instituições de ensino que têm plataformas de acessibilidade acolhem crianças e jovens com deficiências físicas ou mobilidade reduzida. Ela possibilita o acesso à educação e ao mesmo tempo:

Garante o bem estar físico e mental

O papel da escola na inclusão social é importante. Ela trabalha com todos os tipos de público, desde o infantil ao adulto. Assim, quando  um investidor pensa no futuro e se prepara para receber crianças com mobilidade reduzida ou algum tipo de deficiência, ele contribui para um mundo mais igualitário.

Promove a integração de todos no ambiente escolar

Ao promover a inclusão com uma plataforma de acessibilidade em escolas, você valoriza a diversidade. Pois, alunos com mobilidade reduzida ou deficiência não se sentem excluídos do grupo ou da sociedade. Assim, a promoção da acessibilidade também torna-se uma verdadeira oportunidade para se discutir assuntos relacionados ao tema.

Possibilita a participação dos alunos nas atividades

Com uma plataforma de acessibilidade em escolas, o aluno se sente mais seguro para participar das atividades escolares. Ele sabe que a escola se preocupa com o bem estar de todos e oferece auxílio aos estudantes que precisam para ter um ano letivo mais proveitoso. Além disso, se o aluno se sente parte da instituição, ele tem um aprendizado mais eficiente.

[infográfico] Modelos e Aplicações da Plataforma e Elevador de Acessibilidade | Baixe grátis | JE Elevadores

Como promover a acessibilidade? 

Além da plataforma de acessibilidade em escolas, a inclusão de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida nos ambientes deve começar com a comunicação. Portanto, a inclusão deve contemplar a maneira que as aulas são administradas. 

Veja alguns exemplos: 

No caso das crianças ou jovens surdos, o ideal é ter intérprete de LIBRAS para fazer a tradução simultânea. Já para as que têm deficiências cognitivas, deverão contar com os professores habilitados. No caso das crianças cegas, é importante oferecer materiais em braille. 

Além disso, a tecnologia com o uso de projetores interativos também facilita a vida de estudantes, assim como atividades que envolvem: 

  • movimento corporal;
  • fala;
  • consciência espacial.

Outras dicas para promover a acessibilidade no ambiente escolar:

Instale pisos táteis

Esses pisos oferecem acessibilidade para quem tem deficiência visual, que indicam os caminhos que os alunos cego precisam, evitando barreiras que existem nos espaços.

Ofereça acessibilidade na entrada

A rua e a entrada da escola precisam garantir a acessibilidade no ambiente escolar. Portanto, você pode instalar uma plataforma de acessibilidade em escolas. Assim, a criança ou o jovem com mobilidade reduzida conseguirão entrar no ambiente escolar sem dificuldades.

Pense na acessibilidade aos toalhetes

Os banheiros precisam receber adaptações para os alunos com deficiência ou mobilidade reduzida. É importante contar com sanitários apropriados, com barras de apoio e pias com no máximo um metro de altura. Uma dica é projetar um banheiro completamente adaptado. Pode-se, inclusive, pensar na plataforma de acessibilidade em escolas para os banheiros.

 

Qual é a melhor plataforma de acessibilidade em escolas?

Se você deseja promover a inclusão dos alunos no ambiente escolar, você precisa de uma plataforma de acessibilidade como a Plataforma de Acessibilidade PNE, da JE Elevadores. Ela pode ser instalada em qualquer lugar e oferece segurança a quem a utiliza. Além disso, para a instalação da plataforma é simples e não exige grandes espaços como num elevador tradicional. Portanto, a escola só terá vantagem com esse equipamento.  

Plataforma de acessibilidade PNE | JE Elevadores

E então, agora que você aprendeu um pouco mais sobre plataforma de acessibilidade em escolas, saberá o que fazer para garantir a inclusão dos estudantes. Pense em ter um espaço mais confortável e atrativo. Invista em acessibilidade!

Gostou do conteúdo? Leia o nosso próximo post sobre a acessibilidade no ambiente escolar e aprenda a aplicá-la! 

5 motivos para adquirir a plataforma de acessibilidade

5 motivos para adquirir a plataforma de acessibilidade

A plataforma de acessibilidade só tem vantagens. Não há desvantagens em instalar uma em qualquer lugar, sendo que em estabelecimentos comerciais, a única desvantagem seria o preço. Isso cai por terra quando você pensa no aumento de público que você terá, que logo paga o investimento que nem é tão alto.

Hoje em dia, em um mundo onde cada vez mais a cidadania e a inclusão imperam, ter uma plataforma de acessibilidade já está ficando cada vez mais comum. Se adequar-se hoje já é importante, em um futuro próximo será mais ainda.

Os ganhos com a plataforma de acessibilidade são inegáveis, e para provar, elaboramos este artigo. Aqui, trazemos cinco argumentos para te convencer que vale – e muito! – a pena investir em uma plataforma de acessibilidade. Vamos lá?

1 – Aumento do seu público

Hoje em dia, as empresas que não incluem uma plataforma de acessibilidade na entrada e nas dependências do seu estabelecimento perdem clientes para as que já possuem o equipamento.

A lógica é simples: se o seu negócio não é inovador demais, é bem provável que na sua cidade existem vários concorrentes seus. Desses concorrentes, quem não possui a plataforma de acessibilidade está em desvantagem em relação a quem tem.

Simples assim. Para aumentar o seu movimento, instale uma plataforma de acessibilidade e permita que o público portador de mobilidade reduzida aproveite-se do ambiente como todo mundo!

2 – Valorização do imóvel

Instalar uma plataforma de acessibilidade no imóvel instantaneamente aumenta o seu valor de revenda.

Pense por um momento em prédios baixos na sua cidade, de até três andares. A maior parte deles não possui nenhum tipo de apoio para pessoas com mobilidade reduzida, ainda que esteja previsto na NBR 9050 que eles devem ter.

Oferecer um imóvel com plataforma de acessibilidade, então, significa oferecer um imóvel mais atraente para futuros proprietários. A locação pode ser feita por mais pessoas e não há nenhum problema com a lei, o que faz o imóvel se valorizar muito.

3 – Conformidade com a lei

E já que estamos falando da lei, precisamos destacar esse ponto. A plataforma de acessibilidade garante que você não terá multas pela não aplicação da NBR 9050 no seu estabelecimento comercial ou prédio residencial.

Essa não conformidade, no fim, traz multas pesadas para o negócio. Evitá-las é bem simples, e o investimento nas plataformas, que é pequeno, não chega nem perto do valor que você terá que pagar caso seja multado.

4 – Fidelização de clientes

Além de aumentar seu público, você está fidelizando clientes quando decide instalar uma plataforma de acessibilidade no seu negócio. Muito mais do que simplesmente atrair pessoas que nunca mais vão voltar, seus clientes com mobilidade reduzida vão preferir você.

Isso não tem preço. Ter um bom relacionamento com clientes é fundamental para a saúde de qualquer negócio, e pode ter certeza: clientes satisfeitos vão te recomendar para outros!

5 – A plataforma de acessibilidade promove a cidadania

Além de tudo isso que dissemos no artigo, há o motivo mais óbvio: a plataforma de acessibilidade promove a cidadania.

Ao criar um espaço onde todos podem frequentar com facilidade, você está dando um salto em direção ao rumo que o país deve tomar. A inclusão é um esforço necessário, e você passa a ser parte ativa dele somente com uma simples plataforma de acessibilidade.

E se nós dissemos simples, pode ter certeza: para a pessoa com mobilidade reduzida esse passo já facilita e muito sua vida. A falta de estabelecimentos e locais comuns com uma plataforma de acessibilidade é uma realidade preocupante no Brasil. Faça parte da mudança e aja em prol da cidadania!

A plataforma de acessibilidade, como você pode ver, tem muito mais vantagens do que pontos negativos. Na verdade, além do investimento mínimo, fica até difícil em pensar em algo de ruim que elas trazem.

Para que tudo fique ainda melhor, o ideal é trabalhar com uma revendedora que entende do assunto e sabe o que está vendendo. A JE Elevadores é autoridade em plataformas elevadas de acessibilidade, oferecendo qualidade e segurança.

Gostou da plataforma e não sabe como começar? Então entre aqui e coloque as medidas necessárias e peça um orçamento!

Plataforma de acessibilidade: conheça os benefícios de possuir em sua casa

Plataforma de acessibilidade: conheça os benefícios de possuir em sua casa

A plataforma de acessibilidade em casa traz muitos benefícios para as pessoas com a mobilidade reduzida. Na verdade, é seguro dizer que são só benefícios, sem pontos negativos, já que esse elevador é fundamental para garantir a mobilidade total em casa.

Por si só, esse já é o maior dos atrativos. Ter a liberdade de locomoção que uma plataforma de acessibilidade em casa pode trazer a motivação da maioria das pessoas que adquirem uma.

Mas dúvidas são comuns, e precisam ser respondidas. Faz muito barulho? Será que é segura? E o impacto no projeto? Neste artigo vamos responder todas elas e mostrar os benefícios de ter uma plataforma de acessibilidade em casa. Vamos juntos?

Faz barulho?

Essa preocupação é bem comum, especialmente em casas familiares. Muitas vezes as pessoas que as utilizam podem ter hábitos erráticos, gostar de acordar de madrugada para um lanche ou, simplesmente passar um tempo maior na sala nos finais de semana. Será que a plataforma de acessibilidade em casa vai acordar todo mundo?

Se essa é a sua preocupação, pode ficar tranquilo. A plataforma de acessibilidade em casa é absolutamente silenciosa, se instalada em local apropriado, não vai atrapalhar o sono de ninguém quando for ativada, mesmo de madrugada.

Assim, a liberdade de movimentos está garantida tanto pelo equipamento, quanto pela sua discrição.

Precisa mexer muito no projeto?

Quando o assunto é elevador, muita gente imagina que as alterações no projeto arquitetônico para acomodá-los é bem grande, e, elas não estão erradas. Elevadores comuns necessitam de poço e casa de máquinas, e isso acaba saindo caro na hora de construir.

Porém, a plataforma de acessibilidade não apresenta esses problemas. Podendo ser instalada em espaços livres de no máximo 2 metros quadrados e não necessitando de poço ou casa de máquinas, o impacto no projeto é mínimo.

E se eu quiser instalar do lado de fora?

A plataforma de acessibilidade em casa não precisa estar necessariamente instalada dentro da casa. É possível instalar plataformas panorâmicas para o passageiro apreciar a vista enquanto sobe ou desce tranquilamente.

Tudo isso porque a plataforma de acessibilidade, opera de forma independente da estrutura da casa, valendo-se da sua própria para operar de forma otimizada e segura.

E falando em segurança…

A plataforma de acessibilidade em casa é segura?

É garantido: ter uma plataforma de acessibilidade em casa não apresenta riscos para os passageiros nem para as outras pessoas em casa.

Toda a estrutura é extremamente sólida, podendo ser mantida na casa por anos e anos sem nenhum problema com o nível ou, com as fundações. E para viajar na plataforma de acessibilidade em casa a segurança é ainda melhor.

Com sistema de parada de pânico, acionamento pelo exterior em caso de parada inesperada, sistema para impedir a parada em casos de queda de energia, freios de emergência e, guarda completamente isolada, a segurança do passageiro vem em primeiro lugar. Por isso, não há o que dizer: a plataforma de acessibilidade em casa é muito segura.

É fácil de operar?

Essa pergunta também é completamente natural. Garantir a facilidade na operação da plataforma de acessibilidade em casa, é garantir que todos possam viajar normalmente, independente das suas limitações.

Com um sistema simples de acionamento por botões e, a possibilidade de operar o equipamento pelo lado de fora, caso seja necessário, a dificuldade não é um problema que a plataforma de acessibilidade vai apresentar.

Na verdade, seu trabalho é deixar tudo muito mais fácil para a pessoa com mobilidade reduzida. Essa é a sua missão, e através da engenharia bem pensada, a operação é absolutamente simples.

Ter uma plataforma de acessibilidade em casa é fundamental para residências com pessoas com mobilidade reduzida por qualquer motivo. Instalá-la, significa melhorar a qualidade de vida dessas pessoas, e fazer com que elas possuam muito mais independência no seu dia a dia.

Essa é, no fim das contas, a missão da acessibilidade, não é?

A JE Elevadores oferece a plataforma de acessibilidade em casa que você está procurando. Dê uma olhada nesse link e confira o que nós temos para te oferecer. Caso se interesse, não deixe de entrar em contato conosco!

Ah, e para mais informações como essas sobre plataformas, elevadores e acessibilidade em geral, não deixe de consultar o nosso blog, ok? Até a próxima!

Elevadores de acessibilidade: conheça suas vantagens

Elevadores de acessibilidade: conheça suas vantagens

As vantagens dos elevadores de acessibilidade são várias, e estão relacionadas com o bem estar das pessoas, mobilidade reduzida e às necessidades de adequação à leis e normas técnicas e até mesmo a aspectos econômicos.

Quer saber quais são as vantagens que os elevadores de acessibilidade trazem ao seu empreendimento, à sua vida e ao bem estar das pessoas em geral? Neste artigo iremos tratar basicamente disso.

Continue a leitura para saber mais!

Elevadores de acessibilidade e as vantagens em vários níveis

Quando falamos em elevadores de acessibilidade, logo nos vem em mente as pessoas com mobilidade reduzida que necessitam da estrutura para se locomover com segurança e sem mais transtornos. Mas será que essa é a única vantagem que os elevadores de acessibilidade oferecem?

Os elevadores de acessibilidade possuem vantagens que vão muito além disso, sendo responsáveis não apenas por valorizar as necessidades de locomoção de todas as pessoas, mas também pela valorização do empreendimento, incentivo à popularização dessas soluções pela cidade e, é claro, a cidadania.

Vale lembrar também, que a plataforma de acessibilidade também é bem vista e ajuda muito na mobilidade dos cadeirantes.

Neste tópico, vamos explicar de forma aprofundada essas vantagens dos elevadores de acessibilidade, confira:

Dever de cidadania

Acima de tudo, os elevadores de acessibilidade possuem no seu nome a sua maior vantagem: promover o acesso livre a qualquer ambiente por qualquer pessoa.

Seja em prédios, estabelecimentos comerciais ou escolas e instituições de ensino, as pessoas com mobilidade reduzida estão sempre presentes, somando 15% da população brasileira segundo pesquisas recentes do IBGE.

Portanto, os elevadores de acessibilidade são, acima de tudo, formas de exercitar a cidadania e o respeito às diferenças no ambiente metropolitano, garantindo através de um pequeno investimento e um esforço mínimo de adequação uma facilidade tremenda na vida de muitas pessoas por anos e anos.

Valorização de imóveis

Hoje em dia, já existem leis de acessibilidade para condomínios sendo construídos, sendo que elas também se aplicam aos que já foram erguidos no passado. O que falta então para que os elevadores de acessibilidade estejam presentes em todos eles? A fiscalização.

Porém, com os debates se tornando cada vez mais intensos e a população ganhando mais voz a cada dia, é apenas uma questão de tempo até que todos os empreendimentos imobiliários precisem se adequar à legislação do município e do estado.

Uma das vantagens dos elevadores de acessibilidade é a valorização que essa solução traz ao imóvel, que passará a estar de acordo com as recomendações da lei, sendo assim mais atrativo para investimentos.

Aumento da clientela

Para empreendedores no nível comercial, as vantagens dos elevadores de acessibilidade são várias, mas com certeza a maior delas é o aumento da freguesia e a fidelização de clientes que preferem o seu estabelecimento por respeitá-los.

Ao se instalar elevadores de acessibilidade no seu comércio, as pessoas com mobilidade reduzida estão inseridas no seu escopo de mercado simplesmente porque, ao contrário da maioria dos estabelecimentos, você oferece formas seguras e práticas de inclusão dessa parcela da população no seu ambiente.

Com um investimento baixo, é possível aumentar sua clientela e fidelizar clientes muito mais e melhor.

Facilidade de instalação

Uma das maiores vantagens dos elevadores de acessibilidade, é a facilidade de instalação e manutenção que eles apresentam, além do seu custo bastante reduzido quando comparado à criação de rampas de concreto.

Para instalar elevadores de acessibilidade, você não precisa de um espaço muito grande, apenas de uma área de no máximo dois metros quadrados para a acomodação do equipamento e a entrada do usuário.

Segurança em casa

No ambiente residencial, é importante ter segurança e conforto para se locomover, afinal, acidentes domésticos são perigosos e podem resultar em danos físicos bastante sérios.

Os elevadores de acessibilidade podem ser instalados em closets, na cozinha, na sala, nos quartos e onde mais o proprietário desejar, criando uma atmosfera segura para que todos possam se locomover de maneira fácil e sem maiores complicações.

Os elevadores residenciais são a solução para a maioria das dificuldades de movimentação, para não dizer todas elas. Venha conhecer o site da JE Elevadores e conheça as vantagens você mesmo! Se ainda houver dúvidas, não hesite em entrar em contato e conversar com os nossos especialistas.

Para mais informações como essas, não deixe de acompanhar o nosso blog sobre acessibilidade!

Acessibilidade para condomínios devem atender a adaptações vigentes

Acessibilidade para condomínios devem atender a adaptações vigentes

A acessibilidade para condomínios deve sempre ser respeitada, principalmente porque, além da responsabilidade ética que a construtora possui com as pessoas com mobilidade reduzida, os condôminos estão pagando para ter suas necessidades de locomoção, segurança e bem estar garantidas.

Você conhece a legislação da acessibilidade para condomínios? Gostaria de conhecer? Então você veio ao lugar certo. Neste artigo, vamos explorar os pontos da legislação que tratam da acessibilidade para condomínios e mostrar o que você deve fazer para garantir a mobilidade.

Vamos começar?

Acessibilidade para condomínios é necessária já

A realidade habitacional brasileira está se transformando à medida que nossa população cresce e o custo dos terrenos vai subindo exponencialmente.

Ainda que não seja possível dizer exatamente quantos condomínios existem no Brasil, um senso de 2015 realizado pela AABIC confirmou que, somente no estado de São Paulo, existem 55 mil conjuntos habitacionais. No final dos anos 80 até o meio dos 90, esse número girava em torno dos 15 mil.

Esse número cresceu tanto pela tendência à verticalização da moradia que estamos passando nos tempos atuais, além do aumento do crédito do brasileiro nos anos 2000 e a valorização de terrenos para a construção e de casas já construídas.

A acessibilidade para condomínios, então, passou a ser assunto de pauta por várias reuniões condominiais e adquiriu grande visibilidade com regulamentações federais e estaduais que garantem a mobilidade de todos nesses ambientes, assim como em qualquer estabelecimento.

Infelizmente, a realidade é bem diferente do que a lei estipula: a acessibilidade para condomínios, assim como em vários outros pontos comerciais e estabelecimentos das cidades, muitas vezes é deixado para depois quando deveria ser preocupação fundamental.

Continue lendo o próximo tópico para saber como exatamente a acessibilidade para condomínios se apresenta:

Acessibilidade para condomínios: o que o seu deve ter?

A população de pessoas com a mobilidade reduzida é grande no Brasil, gravitando em torno dos 15% a 20%, segundo pesquisas do IBGE. É de se imaginar, portanto, que em um condomínio onde moram 200 pessoas, pelo menos 30 delas podem apresentar dificuldades de movimentação nos mais diversos níveis.

É a mesma lógica da acessibilidade nas escolas ou em qualquer outro local frequentado rotineiramente por muitas pessoas, e as estatísticas não mentem: onde estiverem pessoas, lá estarão outras que precisam de soluções de mobilidade.

Pensando nisso, é importante que você conheça a legislação e saiba exatamente o que deve ser instalado no seu condomínio. Não deixe de cobrar o síndico: muitos deles dizem que o condomínio não deve ser responsável pela adequação, mas essa informação não procede.

Confira alguns equipamentos indispensáveis:

Piso tátil nas portarias

Segundo a legislação vigente, o piso tátil deve estar presente antes de qualquer desnível nas entradas e nas saídas, para orientar a parcela cega dos moradores do condomínio que ali se encontra um perigo para a sua movimentação.

Isso vale não apenas para desníveis, mas para qualquer alteração não gradual do piso, comumente chamada de mudança de plano.

Rampa e elevador de acesso

Presente em tantos estabelecimentos, a acessibilidade no condomínio requer rampas ou elevadores de acesso para que pessoas com mobilidade reduzida consigam se locomover sem constrangimentos e dificuldades.

Qualquer desnível com mais de 1,5 centímetros já é considerado um degrau, e portanto já requer a instalação da rampa ou elevador de acesso. A largura mínima é de 1,20m e deve haver sinalização tátil de início e fim da rampa.

Portaria sem desníveis

A recomendação é que as portarias tenham piso plano, sem nenhuma inclinação relevante, e que a superfície seja lisa, sem rachaduras.

Isso facilita e muito a vida das pessoas com necessidades especiais de locomoção, e garante a segurança de todos pela acessibilidade no condomínio.

Largura mínima da portaria

Para estar de acordo com a legislação de acessibilidade para condomínios, a portaria do prédio deve ter pelo menos 1,20m de largura, para acomodar uma cadeira de rodas sem desconforto.

A fiscalização é a maior arma da acessibilidade para condomínios

A lei que regula a acessibilidade para condomínios é federal, mas sua fiscalização muitas vezes é feita pela prefeitura do município, já que as próprias cidades também têm em prática suas próprias recomendações a respeito da acessibilidade.

Se você ver algum desses itens não adequado, mostre para o síndico o quanto é importante tratar as questões relacionadas a acessibilidade para condomínios, e cobre mudanças. Se elas não acontecerem, o melhor a se fazer é uma denúncia: assim, quem está falando é a lei em toda a sua autoridade.

Gostou desse artigo? Então venha conhecer o nosso blog. Para nós, a acessibilidade para condomínios, estabelecimentos públicos, comércios e casas é a preocupação maior. Venha continuar essa conversa nos nossos outros artigos.

Até a próxima!